Cooperativa Batavo inaugura planta industrial da Frísia

setembro 16, 2011 at 12:16 pm | 2 comentários | Cooperativismo, Noticias | Tags: , , ,

A Batavo Cooperativa Agroindustrial retorna oficialmente ao mercado brasileiro com uma nova linha de produtos industrializados e nova marca comercial. A unidade de processamento leiteiro da Frísia foi inaugurada nesta quinta-feira (15), nos Campos Gerais, entre os municípios de Ponta Grossa e Carambeí.

“Trazemos novamente a industrialização à cooperativa para rentabilizar cada vez mais a pecuária leiteira”, afirmou presidente da Batavo, Renato Greidanus, durante a solenidade que contou com a presença do governador Beto Richa, secretários de estado, deputados, representantes da Ocepar, BRDE e demais autoridades.

Com um investimento de R$ 60 milhões o laticínio produzirá leite pasteurizado integral, semidesnatado e desnatado; creme de leite pasteurizado e cru; leite concentrado integral, semidesnatado e desnatado.

O governador Beto Richa salientou a capacidade e o potencial de crescimento do Estado e classificou a Batavo como um símbolo paranaense. “O investimento nessa nova planta industrial gera riqueza e agrega renda aos nossos produtores rurais”, parabenizou.

O presidente do Parque Histórico de Carambeí, Dick De Geus, e ex-presidente da Batavo destacou que a cooperativa trabalhou durante anos como um modelo na agroindustrialização do leite e retorna hoje ao mercado mais amadurecida. “Esse é um sinal de que os cooperados chegaram à conclusão de que é fundamental agregar valor ao produto”, disse.

Franke Djikstra, que também já presidiu a Batavo, falou que a nova estrutura industrial trará excelentes resultados aos produtores em médio e longo prazo. Ainda segundo ele, o investimento da cooperativa incentiva o aumento da produção e traz segurança aos cooperados.

CORRELATAS

Secretários de Estado elogiam iniciativa da Batavo

Os secretários de Estado da Agricultura e da Indústria e Comércio salientaram a importância do investimento da Batavo Cooperativa Agroindustrial em processar a sua produção leiteira, durante a inauguração da planta industrial da nova marca da cooperativa, a Frísia.

Norberto Ortigara, secretário da Agricultura, destacou o passado da cooperativa ligado à qualidade dos produtos que tinham forte posição no varejo nacional. Segundo ele, a decisão da Batavo em agregar valor à sua produção vai ao encontro da necessidade estadual e nacional em aumentar a venda industrializada.

Já o secretário da Indústria e Comercio, Ricardo Barros, lembrou que a região dos Campos Gerais concentra uma das principais bacias leiteiras do país, em qualidade, e que o investimento valorizará toda a região, principalmente os produtores que passam a contar com um excelente comprador.

 

Frísia usará tecnologia de ponta Tetra Pak

O vice-presidente da Tetra Pak, Nelson Falavina, participou da inauguração da planta industrial da Frísia – unidade de beneficiamento leiteiro da Batavo Cooperativa Agroindustrial, que utilizará a tecnologia Tetra Pak.

Segundo Nelson, o equipamento garantirá qualidade de processamento com custo competitivo. “Aqui encontramos o que há de mais avançado em tecnologia para o processamento lácteo”, enfatizou.

 

Prefeitos comemoram investimento na Frísia

A inauguração da nova marca da Batavo Cooperativa Agropecuária – Frísia, e de suas instalações industriais contaram com a participação de diversos prefeitos da região. As estimativas são de que mais de 600 empregos diretos e indiretos surjam com o investimento da cooperativa.

O prefeito de Ponta Grossa, Pedro Wosgrau Filho, disse que a inauguração do parque industrial justamente no dia do aniversário de Ponta Grossa trata-se de algo especial. “Esse investimento tem grande significado para toda a região, pois além dos empregos e da geração de renda há a atração de outras empresas que trabalhão junto com a cooperativa”, afirmou.

Para o prefeito de Carambeí, Osmar Rickli, além dos empregos a nova indústria incentivará o investimento dos pecuaristas para aumentar sua produção. Ele também ressaltou o acerto da empresa na escolha da localização, quase na divisa entre Carambeí e Ponta Gossa, de fronte ao eixo-rodoviário. “Carambeí e Ponta Grossa serão ligadas por indústrias na próxima década”, destacou.

Frísia incentiva crescimento dos cooperados

O investimento da Batavo Cooperativa Agropecuária de aproximadamente R$ 60 milhões na implantação da nova indústria de processamento leiteiro – Frísia, reflete a política de distribuição de renda e a busca para uma produção mais rentável dos cooperados, disse o presidente da Batavo Renato Greidanus durante a inauguração da indústria nesta quinta-feira (15).

Segundo Renato, metade do investimento foi realizado pelos associados e que eles terão 50% dos lucros da marca. “Estamos envolvendo a cooperativa em um novo modelo”, explicou.

De acordo com o superintendente do Sistema Ocepar, José Roberto Ricken, as cooperativas paranaenses investem bilhões de reais anualmente no agronegócio e “estes investimentos são dos importantes para os paranaenses, pois os lucros são re-investidos aqui mesmo”, disse.
Segundo os dados da Ocepar, as 82 cooperativas agropecuárias do Paraná são responsáveis por mais da metade da produção estadual, percentual que chega muito próximo aos 60% no caso da produção láctea.


Autor

Núcleo de Mídia e Conhecimento

Somos uma empresa de comunicação corporativa, com base no reconhecimento, organização e divulgação dos saberes corporativos através da comunicação dirigida. O principal objetivo da NMC é atender singularmente cada cliente, com foco em resultados, equacionando os diversos níveis de comunicação empresarial, com os objetivos projetados. Esse post é de responsabilidade do Núcleo de Mídia e Conhecimento.

2 comentários

  1. celso (2 anos ago)

    gostaria de mandar meu corriculo

  2. Carol (2 anos ago)

    Se chama de Curriculum

Comentários